ESPAÇO PARA PORTUGUESES NACIONALISTAS
 
InícioPortalCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 O verdadeiro 5 de Outubro

Ir em baixo 
AutorMensagem
Pedro Madureira
revoltado
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 20
Idade : 43
Localização : Lisboa
Emprego/lazer : Delegado comercial e Jardineiro
Humor : QB
Data de inscrição : 25/07/2008

MensagemAssunto: O verdadeiro 5 de Outubro   Sex Out 09, 2009 4:47 pm

Viva o 5 de Outubro de 1143, Viva o Rei Afonso! Viva Portugal!!!

A 5 de Outubro de 1910 um grupo de conspiradores dominado pela Maçonaria, Jacobinos e Carbonários - revolucionários profissionais da época - mobilizou alguns militares e populares, avançou sobre um regime apodrecido, absolutamente decadente, e triunfou sem grande resistência.

O Rei fugiu, em vez de desembarcar no Porto, depois de não ter assumido como lhe competia o comando do Iate Amélia, e de não ter detido temporariamente a sua mãe, como deveria. A Senhora, muito afectada pela violência da situação e pelo assassínio recente do marido e do Príncipe Herdeiro, não estava, de facto, em condições de mandar. Nesse dia, sob esse 'comando', o fim do regime tornou-se inevitável: já não havia Rei.

Um Rei que não soube combater pelo Trono, foi indeciso e não teve a coragem e o sangue-frio indispensáveis numa situação dessas, de facto não esteve à altura do Destino e não poderia chefiar os portugueses. Não sei se mereceríamos melhor, mas a verdade é que somos exigentes e só nos entregamos a quem vale, e ainda mais nessas circunstâncias. O Rei tem que ser melhor que nós. Se não... não! - como um dia teve que ouvir D. Afonso IV. Vale quem Serve - e D. Manuel II não Serviu, infelizmente.

Não, não há nestas linhas qualquer crueldade, apenas realismo e um juízo exclusivamente político, sem ponta de nostalgia nem gota de afectividade pingada dos nossos mais brandos costumes. Mas se nos quisermos render a uma grande emoção, queremos aqui hoje recordar e saudar o 5 de Outubro de 1143, data do Tratado de Zamora, pelo qual a nossa soberania política foi finalmente reconhecida na pessoa do nosso primeiro rei por Afonso VII, rei de Leão e Castela. Dois homens extraordinários. Reafirmamos assim a nossa fidelidade à construção histórica de Portugal, obra de Reis e Soldados, como Mouzinho ensinou ao jovem Príncipe D. Luís, homens excelentes que souberam quase sempre tornar o 'povo' excelente. Esses, sim! A não ser com outros como eles, Portugal não é, nem poderá ser. Nós não aceitamos ser cobaias dos medíocres de hoje. É por isso que lutamos - para que os portugueses não sejam mais enganados, nem se enganem.
Categoria: 5 de Outubro, História, Monarquia, Opinião, Política
1 comentários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
O verdadeiro 5 de Outubro
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FORUM NAÇÃO :: NOTICIAS-
Ir para: